Cabeçalho 1

4 de nov de 2011

Associação de Praças agradece apoio de delegados

Na sequência da nota publicada pela Associação de Delegados (Adepol), os representantes da base da Polícia e Bombeiros Militar, a Aprasc, lançaram uma nota de agradecimento pelo apoio aos policiais militares apontados para responder processo administrativo disciplinar por não fazer o BO da PM. O teve repercussão com a denúncia publicada aqui, e depois acabou indo para a TV. Confira a nota:

Nota pública: Aprasc agradece solidariedade da Adepol

A Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) manifesta seu agradecimento à Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol), em virtude do apoio desta entidade aos praças da Polícia Militar relacionados para responder Processo Administrativo Disciplinar por terem deixado de realizar Boletim de Ocorrência e orientado os envolvidos a procurar a Delegacia de Polícia. Sem entrar no mérito da questão, deixamos claro que não concordamos com qualquer atitude de imposição quando a lei e a cultura histórica facultam mais que uma alternativa no encaminhamento das políticas públicas de segurança.
Manifestamos também nosso apoio às reivindicações salariais dos policiais civis, entendendo que a segurança pública só pode melhorar com mais efetivo e com servidores mais valorizados. Ao mesmo tempo, reiteramos nossa pauta de reivindicações, pois os praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros estão entre os servidores com menor salário no Estado de Santa Catarina.

Estamos, desde o começo do atual governo, reivindicando: a anistia aos praças penalizados injustamente em virtude do movimento reivindicatório de dezembro de 2008; o imediato preenchimento de todas as vagas ociosas de cabos e sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, pois uma lei de carreira de nada vale se os gestores a deixarem mofando nas prateleiras; justiça salarial, com a correção das distorções e avanço em qualidade de vida de todos os servidores.

Reiteramos nosso agradecimento a todos que nos apóiam, e nos colocamos à disposição para, juntos, construir e defender uma proposta que seja justa para todos.

Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc)

Florianópolis, 4 de novembro de 2011.