Cabeçalho 1

26 de mar de 2013

Guarda para combater flanelinhas ou proteger empresa?


Foto: Monique Margô Serafim (Instagram)

Apesar de ser Zona Azul, o estacionamento localizado em frente à Assembleia Legislativa, na esquina da rua Doutor Jorge Luz Fontes e Travessa Syriaco Atherino, nunca foi devidamente usado para esse fim. Era uma era dominada pelos flanelinhas.

Os agentes da Zona Azul nunca conseguiram trabalhar lá, pois eram ameaçados pelos flanelinhas, e a Prefeitura, através da Guarda Municipal de Florianópolis, e o governo do Estado, através da Polícia Militar, nunca conseguiram garantir a segurança desses agentes da Zona Azul e manter a ordem no espaço.

Depois do processo licitatório de estacionamentos públicos, promovido pela Prefeitura de Florianópolis, essa área ficou para uso da empresa vencedora, a Multipark. Agora, viaturas da GMF ficam durante todos os dias, manhã, tarde e noite, no local para garantir a instalação da empresa

Os estacionamentos da Prefeitura eram explorados pela Associação Florianopolitana de Voluntárias (Aflov) - instituição ligada à Prefeitura. No entanto, o Tribunal de Contas do Estado determinou o fim da exploração por parte da instituição e abertura de licitação para exploração privada.

Não sei o que é pior, a bagunça dos flanelinhas ou a Guarda Municipal agindo exclusivamente para uma empresa privada.