Cabeçalho 1

13 de jan de 2012

Fugitivo no Japão e fugitivos em Santa Catarina

Enquanto o Japão teve sua primeira fuga em 22 anos, na qual um chinês fugiu da penitenciária de Hiroshima pulando dois muros de 4,5 metros de altura, em temperaturas de apenas 4ºC, Santa Catarina registrou seus primeiros fugitivos de 2012 - três detentos escaparam da ala de segurança máxima da Penitenciária de Florianópolis.

A semelhança entre as duas ocorrências foi o uso de ferramentas em obras que aconteciam nas duas penitenciárias. A diferença - é claro - é a periodicidade das fugas.

Ano passado, Santa Catarina já havia registrado duas fugas em massa, na primeira, em fevereiro, 79 detentos escaparam da mesma penitenciária da Capital, depois, em junho, fugiram mais 78.

Está na hora do país aprender com a experiência japonesa.