Cabeçalho 1

20 de out de 2010

Amin afasta PP de Colombo

Artigo do deputado federal eleito e ex-governador Esperidião Amin, publicado no jornal "Diário Catarinense", afasta o seu partido, o PP, da composição da base aliada do governador eleito Raimundo Colombo (DEM). No texto, Amin afirma que o povo catarinense "colherá os frutos da sua decisão" de não levar a eleição para o segundo turno. Quer dizer, joga para os eleitores a "culpa" de a sua candidata não alcançar votos suficientes para chegar ao segundo turno e a "culpa" do que pode vir pela frente.

A seguir, o líder progressista crítica alguns momentos da campanha de Raimundo Colombo, quando o democrata afirmou que a Aprasc partidarizou a segurança pública e defendeu a construção de hospitais filantrópicos. Por fim, questiona se as 36 secretarias regionais são mesmo sinônimos de descentralização (principal bandeira de campanha da ala governista).

Leia aqui a íntegra (via 'DC')