Cabeçalho 1

15 de jun de 2010

Andrino solta o verbo contra Moreira e Luiz Henrique

Durante 15 minutos, o deputado Edison Andrino (PMDB) fez um duro discurso ao falar sobre a retirada da candidatura ao governo estadual do correligionário Eduardo Pinho Moreira em favor de Raimundo Colombo. Criticou principalmente as duas principais lideranças, Moreira e Luiz Henrique da Silveira, por tomar decisões sem consultar a base do partido ou pelo menos sua diretoria executiva estadual:

"Aquela panacéia realizada ontem pela manhã aqui no Poder Legislativo não tem validade legal, jurídica e eleitoral. Quem decide dentro do PMDB não é Luiz XIV, XV ou XVI. É a convenção do PMDB que decide o seu futuro e presente. O Eduardo não tinha credencial para retirar sua pré-candidatura", disse se referindo ao ex-governador Luiz Henrique.

Para Andrino, LHS puxava a candidatura para baixo e "nunca deu uma declaração clara de apoio ao candidato escolhido pelas prévias" do PMDB. Segundo ele, a base do partido se sente traída, cabisbaixa e sem saber o que dizer.

Durante todo o momento ele se dirigiu aos deputados peemedebistas Rogério Peninha Mendonça e Renato Renato Hinnig - também apoiadores da candidatura própria do PMDB.

O pronunciamento de Andrino tomou todo o tempo da bancada. Confira a íntegra do discurso:

video


Foto: Divulgação Alesc