Cabeçalho 1

1 de mai de 2010

Preteridos e indignados

Não foi só o tenente-coronel Atair Derner Filho, chefe da Casa Militar do governo do Estado, que ficou, digamos, chateado com a não promoção a coronel, marcada para 5 de maio, conforme noticiado na coluna de Paulo Alceu.

O tenente-coronel Edivar Antonio Bedin, comandante do 8º Batalhão da PM (Joinville), também ficou, digamos, muitíssimo chateado por não estar na lista de promovidos. Quem conversou com ele disse que parecia um guri que tiraram o pirulito. Foi de dar pena.

Em seu blog, o tenente-coronel desabafou:
De nada adianta criar, inovar, resolver, isso tudo não tem a menor importância. O critério é POLÍTICO. E, por esse critério, alguns dos que são promovidos, têm um histórico tão vazio que sequer saberiam o significado da palavra COMANDAR.
Em tempo, os militares promovidos à coronel são:

EDGAR JOSÉ FRANZOSI
LUIZ HENRIQUE DUTRA
VALDEMIR CABRAL
ADRIANO GILWAN COELHO DA SILVA
JOÃO BATISTA MARTINS

Com a palavra, o comandante-geral da PM.