Cabeçalho 1

17 de set de 2011

Nota do secretário da Segurança Pública César Grubba

O secretário de Estado da Segurança Pública, promotr César Augusto Grubba, divulgou a seguinte nota, assinada na data de sexta-feira, 16 de setembro. Comento a seguir.
Prezados servidores e servidoras da segurança pública de Santa Catarina,

As mudanças nos ambientes econômico e social impõem grandes desafios ao Estado, em especial aos órgãos de segurança pública.

Estamos lutando juntos, desde o início desta gestão e de forma incansável,  pela implementação de ações estruturantes na secretaria de segurança, objetivando, sobretudo, melhorar e fortalecer as condições de trabalho de nossos valorosos servidores.

Há muito o que fazer e nem tudo pode ser feito com imediatismo, porém, a partir do início deste segundo semestre passaremos a tornar realidade algumas das ações planejadas.

No campo material, estaremos adquirindo 4.500 coletes balísticos, 1.500 novas pistolas e 600 novas viaturas, dentre dezenas de outros itens e materiais igualmente importantes, que serão distribuídos a policiais civis, policiais militares, bombeiros militares e profissionais do IGP.

No campo do recurso humano, nosso planejamento segue o norte da “recomposição e de aumento gradual e sustentável de efetivos”, o que já vem sendo consolidado a partir das decisões de recompletamento efetivadas em todos os órgãos.

Vejamos o que foi obtido somente neste primeiro semestre:

- inclusão de 801 novos policiais militares;
- formatura de 202 novos policiais civis;
- formatura de 55 novos bombeiros militares
- formatura de 28 novos auxiliares médico-legistas;
- homologação de concurso para 361 novos agentes de polícia civil;
- autorização de nomeação para 87 novos servidores do IGP;
- autorização para contratação de 500 novos agentes temporários na Polícia Militar;
- autorização para abertura de concurso de 500 novos bombeiros militares;

A par da relevância destas medidas, temos consciência de que a “valorização do profissional de segurança pública” passa, obrigatória e necessariamente, também pela dimensão da “melhoria salarial”.

Quanto a este aspecto, quero divulgar o seguinte:

-  Recebemos em gabinete os órgãos representativos das diversas classes de servidores da segurança pública de Santa Catarina, que se apresentaram acompanhados dos comandantes e chefes das respectivas instituições;

-  Recebemos e protocolamos documentação relativa aos projetos e propostas de melhoria salarial defendidos pelas classes e pelo comando das instituições;

-  Encaminhamos o conjunto destas propostas, conforme acertado na reunião do Grupo Gestor de Governo, ao conhecimento do Secretário de Administração do Estado;

-  Cumprindo orientação do senhor Governador, foi constituída comissão de estudos de natureza multissetorial, envolvendo administração, fazenda, procuradoria geral do Estado e segurança pública, com o objetivo de procedermos análise e estudos às propostas apresentadas.

Florianópolis, 16 de setembro de 2011.

Respeitosamente,

César Augusto Grubba
Secretário de Estado da Segurança Pública

Agora comentário: Sobre "melhoria salarial", faltou dizer quando, como, onde e por quê.