Cabeçalho 1

15 de jun de 2011

Servidores da saúde podem entrar em greve

Foto: Luciana de Moraes
Depois de quase um mês em greve do magistério estadual, os servidores da saúde podem desencadear uma paralisação por melhores condições salariais. Nesta quarta-feira (15), a categoria faz assembleia no Centro da Capital.

Segundo informa o boletim do Sindsaúde-SC, em duas rodadas de negociação com o scretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, não foi apresentada proposta concreta, apesar de reconhece a defasagem.

Em Joinville, nos hospitais públicos, há um movimento paradista que pode atingir todo o Estado, a começar por Lages - terra do governador Raimundo Colombo.

“Seguramos ao máximo a greve especialmente em Joinville. Amanhã (quarta-feira 15) não teremos nada de proposta para apresentar, apenas a intenção do governo de negociar a concessão da reposição mais pra frente. A greve será decidida na assembleia pela votação da categoria”, afirmou a presidente do sindicato, Edileuza Garcia Fortuna.