Cabeçalho 1

9 de abr de 2010

"O policial militar é igual à um goleiro", compara coronel Eliésio


De saída do Comando geral, o coronel Eliésio Rodrigues, utilizou uma metáfora futebolística, muito usada pelo presidente Lula, para falar das crítica à PM. "O policial militar é igual à um goleiro, não pode falhar, não pode tomar gol, porque senão é um homicídio, é um furto. Todavia a comunidade nos imputa a responsabilidade porque nos conhece pelas fardas e viaturas", disse na sexta-feira 9. Ele quis dizer que o policial, assim como o goleiro, nunca é reconhecido pelos seus acertos, mas sempre criticado pelos seus erros - que são fatais.

"Por que o Avaí ganhou do Metropolitano? Porque não falhou", argumentou, se referindo ao jogo do dia anterior em que o Leão ganhou e terminou o returno do Campeonato Catarinense em primeiro lugar

Ele citou outras entidades, como o Judiciário, Ministério Público e Polícia Civil - entes integrantes da segurança pública - que não recebem tantas críticas.

Demissionário, o comandante fez o pronunciamento na cerimônia de formatura do Curso de Formação de Sargentos, na Academia da Polícia Militar da Trindade, provavelmente o último de sua carreira.