Cabeçalho 1

8 de abr de 2010

Bauer deixa SC entre os piores salários no magistério

O secretário de Estado da Educação, Paulo Bauer (O Hipócrata), vai sair de sua pasta deixando Santa Catarina em 18º lugar no ranking de salários recebidos pelos professores estaduais. A pesquisa foi feita pelo jornal "Folha de São Paulo" (link para assinantes) e publicada no dia 1º de abril com base nas informações oficiais das secretarias de educação e sindicatos do magistério. SC está à frente de apenas nove estados.

Pela pesquisa, o salário base do professor catarinense é de R$ 1.658, em uma jornada de 40 horas semanais, saindo por R$ 10,36 a hora-aula. A hora-aula do magistério de SC fica atrás de estados mais modestos economicamente como Maranhão, Tocantins, Pará e Alagoas.

A maior hora-aula é de Roraima com R$ 24,19. Já o maior salário base é do Distrito Federal com R$ 3.386.

Veja a reprodução do jornal. Clique na imagem para ampliar :