Cabeçalho 1

18 de set de 2009

Comando da Polícia Militar contra-ataca 2

Foram três as autoridades que receberam documentação por parte do comandante geral da Polícia Militar pedindo providências em relação à ocorrência do dia 4 de setembro, envolvendo a Polícia Civil e a Guarda Municipal de Florianópolis. Para cada uma, o coronel Eliésio Rodrigues fez um pedido diferente:

Ronaldo Benedet, secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa do Cidadão

"(...) solicito a Vossa Excelência que determine a Corregedoria da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa do Cidadão a apuração destes fatos, buscando a responsabilização dos policiais civis envolvidos e que a Polícia Civil de Santa Catarina seja instada a cumprir a Constituição Federal, no que diz respeito à sua competência de atuação."

Dário Berger, prefeito Florianópolis

"(...) solicito a adoção das providências administrativas necessárias para que os Guardas Municipais envolvidos nestes fatos sejam responsabilizados e que a Guarda Municipal de Florianópolis seja instada a cumprir a Constituição Federal, no que diz respeito à sua competência de atuação."

Gersino Gerson Gomes Neto, procurador-geral de Justiça do Estado de Santa Catarina

"(...) solicito que o Ministério Público Estadual, como custus legis, adote as providências legais necessárias para que os servidores públicos envolvidos nestes fatos sejam responsabilizados e tanto a Guarda Municipal de Florianópolis quanto a Polícia Civil de Santa Catarina sejam instadas a cumprir a Constituição Federal no que diz respeito às suas competências de atuação."